Um ano… É só o começo!

Há um ano atrás

Há um ano atrás

Dia 4 de fevereiro, ela nasceu, nós nascemos, eu o Diego e a Mônica, às 19:34 do dia 04 de fevereiro de 2013, nascemos os três…

Eu teria muita coisa para falar sobre este ano, tantas descobertas, tantas mudanças, tantas conquistas… Mas seria um clichê, escolhi então um momento do qual sempre me lembro…

____

A Mônica tinha por volta de 3 meses, havia dado sua primeira gargalhada há pouco tempo. Ela dormia no meu colo, no sofá da sala eu e o Diego nos olhávamos em silêncio, ainda maravilhados com a perfeição daquela pequena vida que tranquilamente suspirava em cima de mim.

Olhei pra ele e disse – “tu consegue imaginar que um dia foram nossos pais nos olhando assim, encantados com a gente?”.

Ele encheu os olhos d’água, eu também. Não precisamos de palavras para um entender o que o outro estava sentindo naquele momento… Entendemos ambos que, a partir do momento em que nos tornamos pais, nos aproximamos um pouco mais dos nossos pais e conseguimos ter a dimensão do amor que eles sentem por nós.

No amor que sentimos pela Mônica sentimos o amor que recebemos de nossos pais e é assim que, há um ano, a cada conquista, cada nova habilidade, cada momento bobo em que me pego olhando para minha filha com um encantamento de quem vê uma obra de arte eu  sinto o olhar de meus pais sobre mim e me sinto profundamente amada.

Há um ano eu sou eu, minha mãe e minha filha. Um sentimento inexplicável de continuidade, de eternidade, de pertencimento. Há um ano ganhei o poder de viajar no tempo e me sentir um bebê nos braços da minha mãe… E é ainda só o começo!

Um ano depois

Um ano depois

Anúncios